Saiba os impactos que o Coronavirus pode causar na entrega do Imposto de Renda

Devido as grandes movimentações em torno do CORONAVÍRUS muitas dúvidas estão chegando diante da entrega do IR2020 – Declaração do Imposto de Renda 2020.

A data de vencimento da primeira parcela ou da parcela única continua a mesma, ou seja, 30 de abril, junto com o prazo máximo de entrega da declaração.

A Receita Federal, até o momento, não se manifestou em torno da pandemia do CORONAVÍRUS, então a data limite deve ser cumprida para que não haja acréscimos e preocupações futuras.

No último informativo do órgão, quase 3 milhões de pessoas já entregaram suas declarações, mas o balanço ainda está muito baixo comparado ao número de pessoas que são obrigadas a declarar renda.

SAIBA QUAIS SÃO OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA FAZER A SUA DECLARAÇÃO: 

Essa preocupação com o prazo aumenta a cada dia, pois muitos declarantes deixam para os últimos dias e, isso é extremamente incorreto devido a uma serie complicações que podem ocorrer nas últimas horas.

Nos últimos anos, os declarantes  declararam de quedas constantes na conexão com servidor da Receita Federal e até mesmo o bloqueio dos envios por tempos indeterminados. O órgão, disse em entrevistas à imprensa que essas quedas na conexão ocorre quando o pico de pessoas é muito alto e o sistema sobrecarrega, proibindo o envio de novas declarações um um curto tempo.

 

Leia Também:

Saiba o prazo e as documentações para a entrega do Imposto de Renda 2020

A crise do coronavírus pegou a sua empresa? saiba como agir

Seguro Empresarial, quais são as coberturas?

 

 

Se você ainda não começou a agilizar as papeladas o ideal é que comece desde já. O ideal é sempre procurar um profissional do ramo para fazer essa declaração. Caso ainda não tenha um profissional utilize os telefones abaixo e solicite este serviço;

(11)  2532-6090  ou (11) 98079-1000